jogador futsalExistem duas versões para a história do futsal. A primeira versão conta que o esporte começou a ser praticado no ano de 1940 por jovens que frequentavam a Associação Cristã de Moços (ACM), em São Paulo. Por causa da ausência de campos, eles jogavam nas quadras de basquete e hóquei e aproveitavam as traves de hóquei como gol.

A segunda versão, considerada a mais provável, é a de que esse esporte foi inventado pelo professor de educação física Juan Carlos Ceriani, em Montevidéu, Uruguai na década de 30. Pelos mesmos motivos da primeira versão, a prática do esporte era nas quadras de basquete pela falta de um campo. Juan percebeu a nova modalidade e chamou o esporte de “indoor foot-ball”.

O esporte era composto por cinco ou sete jogadores e a bola era feita de serragem, crina vegetal ou cortiça. Por isso, era muito leve e saía das quadras com muita facilidade. Além disso, a bola saltava muito.

Futebol de Salão: O esporte da bola pesada

Para evitar que a bola saltasse com mais frequência, diminuíram o tamanho da bola e aumentaram seu peso. Por esse motivo, o futebol de salão passou a ser conhecido como o “esporte da bola pesada”.

A partir disso, surgiram as primeiras regras do futebol de salão. No Brasil foi publicado na Revista de Educação Física do estado do Rio de Janeiro, em 1936, as primeiras regras e normas do esporte. Percebe-se nesse momento os caminhos iniciais percorridos para o sucesso do esporte.

Popularização do Futebol de Salão no Brasil

Como visto, os maiores praticantes do futebol de salão eram os integrantes das ACMs de São Paulo e do Rio de Janeiro. Como a empolgação com o esporte era muito grande, ele passou a ser mais divulgado, e assim, começou a chegar em clubes recreativos e escolas, onde passou a ser cada vez mais popular.

Futsal: Década de 40 e 50

Na década de 40 começaram a aprimorar as regras em todo o Brasil. No ano de 1949 foi organizado o primeiro torneiro aberto de futebol de salão pela ACM do Rio de Janeiro. A categoria era para meninos de 10 a 15 anos e no ano de 1950 a comissão de Futebol de Salão da ACM de São Paulo foi criada. Essa comissão tomava conta da organização de um grande campeonato em São Paulo, que tinha a intenção de incentivar a formação de entidades oficiais e autônomas.

A primeira entidade oficial foi criada em julho de 1954, a Federação Metropolitana de Futebol de Salão do Rio de Janeiro e um ano depois foi criada a Federação Paulista de Futebol de Salão. Ao se juntarem, ficaram responsáveis pela divulgação de intercâmbios de futebol de salão no Brasil.

Em 1958, a Confederação Brasileira de Desportos (CBD) em parceria com as Federações Estaduais arranjaram uma forma de aprimorar as regras do esporte, com intenção de torná-lo uma prática de âmbito nacional, e que envolvesse clubes e seleções estaduais. Para isso, oficializaram a prática do futebol de salão.

Futsal: Década de 60 e 70

Nos anos 60 e 70, o futebol de salão já era considerado um esporte oficialmente organizado e regulamentado, e assim conquistou o continente. A Confederação Sul-Americana de Futebol de Salão aproveitou a chance que teve com a filiação de praticamente todos os países da América do Sul e assim passaram a surgir os primeiros campeonatos de clubes e seleções da América do Sul.

A Federação Internacional de Futebol de Salão (Fifusa) foi estabelecida no ano de 1971 no Rio de Janeiro. Contava com a integração de 32 países praticantes do futebol de salão no modelo brasileiro. Seu primeiro presidente foi o brasileiro João Havelange, mas por pouco tempo.

A CBD foi extinta no final dos anos 70 devido as mudanças na organização do esporte no país. Assim passou a surgir várias confederações, dentre elas, a oficial até hoje, Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS).

Futsal: A partir da Década de 80

A CBFS conseguiu sua sede própria no ano de 1981 e nesse mesmo ano foi disputado o primeiro campeonato Mundial de Seleções de Futebol de Salão, realizado no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo. O Brasil foi o primeiro campeão ao derrotar o Paraguai.

Em 1974, João Havelange assumiu a presidência da Federação Internacional das Associações de Futebol (Fifa) e em maio de 1990, a Fifa passou a assumir as novas regras do esporte e criou assim o futsal.

Em 2000 o futsal foi incluído nas Olimpíadas de Sidney apenas como um esporte demonstrativo. Foi disputado pela primeira vez nos jogos Pan-Americanos em 2007, no Rio de Janeiro.

Primeiras Entidades Fundadas no Brasil

  • 1954 - Federação Metropolitana de Futebol de Salão (atual Federação de Futebol de São do Estado do Rio de Janeiro):considerada a primeira federação estadual do Brasil.
  • 1954 - Federação Mineira de Futebol de Salão.
  • 1955 - Federação Paulista de Futebol de Salão.
  • 1956 - Federações Cearense, Paraense, Gaúcha e Baiana.
  • 1957 - Federações Catarinense e Norteriograndense.
  • 1959 - Federação Sergipana.
  • 1960 - Federações de Pernambucana, Brasiliense, Paraíba.
  • 1970 - Federações Acreana, Mato Grosso do Sul, Goiana, Piauiense, Alagoana, Espiritosantense e Amapaense.
  • 1979 - Criação da Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS).
  • 1990 - Federações Roraimense e Tocantinense.

Principais Entidades no Mundo

  • 1969 - Confederação Sul-Americana de Futebol de Salão (CSFS) - foi a primeira organização internacional que representou o futebol de salão nas regras da Fifusa/AMF.
  • 1971 - Federação Internacional de Futebol de Salão (Fifusa) - foi criada a partir da iniciativa entre a CSAFS e a Confederação Brasileira de Desporto. Inicialmente, tinha as filiações da Bolívia, Paraguai, Peru, Portugal, Uruguai, Argentina e Brasil. Houve uma tentativa de união dela com a Fifa que não se concretizou. Teve suas atividades paralisadas em 2004.
  • 1990 - Criação da PANAFUTSAL - Confederação Pan-Americana de Futebol de Salão criada pelos membros da Fifusa que não aceitaram a filiação com a Fifa.
  • 2002 - Criação da Associação Mundial de Futsal (AMF) pelos países membros da PANAFUTSAL. Sua sede fica no Paraguai. Ela se tornou a responsável por regular a prática do futebol de salão nas regras da Fifusa/AMF.

Confederação Brasileira de Futebol de Salão

Logo CBFSEm 1957 foi feita a primeira tentativa de se criar uma Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS), no estado de Minas Gerais. Foi realizada uma reunião que teve a presença de Sr. Geraldo Starling, presidente do Conselho Nacional de Desportos (CND) na época. Apesar de realização dessa reunião, o presidente do CND não aprovou o documento que demonstrava o interesse na criação da CBFS.

No ano de 1979, começaram a aparecer as alterações nos esportes e uma das mais importantes foi o fechamento da Confederação Brasileira de Desportos (CBD), que na época era a entidade responsável pelo futebol e quase todas as outras modalidades que não tinham entidades nacionais responsáveis. A CBFS surgiu a partir da determinação do governo de João Batista de Figueiredo, como Entidade Nacional de todos os esportes.

Como antes, praticamente todos os esportes eram dirigidos por Giulite Coutinho, na época presidente da CBD, ele foi contra a ideia de uma Assembleia de fundação das Confederações de todas as modalidades, que foi realizada em maio de 1979. A criação da CBFS foi adiada e perceberam que todas os presidentes de federações preferiram se manter ligados ao futebol (CBF).

Assembleia de Criação da CBFS

A Assembleia de fundação que criou a CBFS foi realizada no dia 15 de junho de 1979 no Rio de Janeiro e contava com a presença das Federações dos estados do Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, Sergipe, Amazonas, Pernambuco, Maranhão, Bahia, Paraíba, Mato Grosso, Acre, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Amapá, Alagoas, Goiás e o Distrito Federal. Nesse evento, Fortaleza foi escolhida como sede da entidade com maioria dos votos. O evento foi presidido por Nelson Mallemont Rebello Filho, membro do CND, e secretariada por Ivan Paixão França.

A aprovação da CBFS foi efetuada no dia 26 de julho de 1979 pelo CND e o Ministro da Educação Eduardo Portela foi o responsável pela homologação da nova entidade, no dia 5 de julho do mesmo ano. A publicação ocorreu no dia 11 de julho de 1979 no Diário Oficial da União, mais precisamente na página 9744. Uma Assembleia Eleitoral foi realizada para escolher a diretoria da CBFS no dia 27 de agosto de 1979, e na ocasião foi eleito como presidente da Entidade o Dr. Aécio de Borba Vasconcelos.

Primeira Reunião da Diretoria

No dia 8 de setembro do mesmo ano, ocorreu a primeira reunião de Diretoria da CBFS e foram empossados Aécio de Borba Vasconcelos como presidente, Vicente Piazza e Aderson Pessoa de Luma como 1° Vice-Presidente e 2° Vice-Presidente, respectivamente, Francisco de Assis Fernandes Bastos como Diretor do Dep. Administrativo, José Mendes de Lacerda como Diretor do Dep. de Finanças, Marcos Pinto Coelho como Diretor do Dep. Técnico, José Bonetti como Diretor do Dep. de Relações Externas, Álvaro Melo Filho como Diretor do Dep. Jurídico e Mário Augusto Lopes como Diretor do Dep. de Árbitros.

A CBFS chegou a ter dois endereços anteriores, até conseguir transferir para uma sede própria no dia 27 de julho de 1981. A localização era na Rua Coronel Ferraz, n° 52, no centro de Fortaleza e no dia 27 de agosto do mesmo ano teve sua inauguração oficial. O evento teve a presença do governador do estado do Ceará, Virgilio Távora, o prefeito de Fortaleza, Lúcio Alcântara e o presidente da Federação Internacional de Futebol de Salão (Fifusa), Januário D’Aléssio Neto.

Centro de Treinamentos Aécio de Borba

O Centro de Treinamentos Aécio de Borba foi oficialmente inaugurado no dia 27 de março de 2007, e o local viria a ser a casa do futebol brasileiro em todas as categorias existentes.

O local dispõe de diversos espaços, ele conta com hotel padrão cinco estrelas com 40 apartamentos, podendo receber até 80 pessoas, restaurante, ginásio para treinamentos, com quadra em tamanho oficial e com amortecedores de borracha, piscina, auditório, quadra descoberta, salão de jogos, sala para musculação, fisiologia, fisioterapia, salas para trabalho de comissões técnicas aparelhadas e próprias para o trabalho e centros médicos e dentários. Todo esse planejamento foi idealizado pelo próprio Aécio de Borba Vasconcelos, que exigiu os padrões mais altos de excelência, monitorado por diversos profissionais.

No ano de 2014, foi descoberta uma crise financeira no futsal brasileiro, tanto é que para tentar sair dela, levantou-se a possibilidade de venda do Centro de Treinamentos.

A CBFS conta com quatro subsedes, localizadas em São Paulo (SP), Goiânia (GO), Aracaju (SE) e Porto Alegre (RS). Ela possui 27 Federações Estaduais filiadas, presente em todos os estados do Brasil e no Distrito Federal, contém mais de 4 mil clubes e 310 mil atletas, além de promover competições nacionais de seleções e clubes, masculino e feminino.