logo2.gif













Preparação Física

Cada esporte trabalha uma determinada parte do seu corpo. No futsal, são trabalhados os sistemas cardiovasculares, respiratórios, entre outros sistemas funcionais.

 

Para o atleta aguentar as solicitações do jogo sem ter queda no seu desempenho, é feito uma preparação com sua condição física e também psicológica. Pode parecer estranho a condição psicológica fazer parte do treinamento, mas para muitos profissionais da área de preparação física isso é um fato de extrema importância, que pode fazer muita diferença para o atleta.

 

Para melhorar a condição e rendimento do jogador no salão, a preparação física trabalha com a resistência, velocidade, força, flexibilidade e coordenação.

alongar.jpg

 

Aquecimento

 

O aquecimento no futsal deve sempre fazer parte da rotina dos atletas, podendo ser realizado em treinamentos diários ou em competições. Com o passar do tempo, ele sofreu modificações e pode variar principalmente pela faixa etária.

 

A intensidade do aquecimento vai de acordo com a idade, quanto mais velho a pessoa, deve-se ter mais cuidado e ser mais longo o aquecimento. Entende-se que a musculatura da pessoa pode ser mais propensa à lesões se ela for mais velha.

 

O aquecimento deve trabalhar todos os órgãos, músculos e articulações do corpo. Ele deve ser feito com a realização de exercícios intercalados e uma progressão leve.

 

A prática do exercício depende do estado e característica do atleta, do esforço e da atividade física que será praticada. Como recomendação, não se deve ultrapassar as 10 repetições por exercício e sempre ter alterações nos mesmos, e lembrando de descanso nas fases.

 

Como exemplo de fases de aquecimentos, temos a corrida contínua. Geralmente consiste em uma corrida suave durante um determinado tempo em volta do salão. A movimentação geral consiste nos movimentos exclusivos de extensão, flexão sobre pernas, braços e troncos, além de rotação e elevação. Logo após deve ser feito um descanso leve para poder recuperar o fôlego, mas nada muito prolongado.

 

Para não perder o pique, é feita uma corrida com variações no ritmo, começa leve e depois fica mais rápida, volta a ficar leve e depois fica rápida de novo, e assim sucessivamente. Outra sugestão é o toque de bola, com passes e recepções.

drinkingwater

 

As modificações fisiológicas que o aquecimento pode causar são o aumento na temperatura corporal e muscular, elevação do fluxo sanguíneo e reduções no tempo de reflexo e contração.

 

Como maior recomendação, o aquecimento deve ser feito cerca de 40 minutos antes da competição e ter terminado antes de 10 minutos do início da mesma, além das óbvias como estar sempre hidratado e alimentado com intervalo de uma hora antes dos exercícios, para o alimento não pesar o atleta.